Páginas

domingo, 7 de agosto de 2016

10 anos POEMAS À FLOR DA PELE!


Imagens de eventos 2015/2016 (Blumenau/SC, Porto Alegre e Sapiranga/RS)


“Associação Cultural Poemas à Flor da Pele: são dez anos transformando palavras em poesia, desconhecidos em amigos, encontros em eventos culturais. Uma ideia que rompeu a película do virtual e hoje é uma realidade que se faz presente em todo o país. Venha comemorar conosco esta conquista e receber sua justa homenagem. Você faz parte dessa história.” (Basilina Pereira)

Vamos fazer a diferença no meio cultural?


Poemas à Flor da Pele é um grupo que tem a bandeira da Poesia nas mãos, venha comemorar com a gente!


Soninha Porto
Presidente Associação Cultural Poemas à Flor da Pele





segunda-feira, 5 de agosto de 2013



Sol Figueiredo é a delicadeza em pessoa, com enormes olhos azuis abençoa-nos com sua bela poesia. Dedica-se à mãe, à filha, ao trabalho e aos seus sonetos e é uma alegria tê-la em nossa 3ª antologia, ela tatua em nossa alma, a expressividade, a plenitude de viver e amar em seus sonetos. Está em várias antologias e coletâneas e sua voz poética ecoa em todos nós com este olhar ávido por poesia. Ser convidada para editar seu livro Um raiar de Sol em Amor, comoveu-me e sinto como se tivesse ganho um presente de quem sabe dar carinho, amor e amizade. 
Tatuo o nome teu eternamente em meu peito
De lá nunca mais sairás... Sou pra sempre tua...
Amo como o Sol ama plenamente a Lua!
Amor igual, assim, merece ter respeito! 
(fragmento do sonetoTatuagem no meu peito de Sol Figueiredo).
Soninha Porto
Editora Somar
Poemas à Flor da Pele


Soninha Porto: 
1. Fale um pouco sobre você, quem é Sol Figueiredo, o que faz, o que sonha?
SOL:

Sou carioca e resido há mais de 19 anos em Campos dos Goytacazes, no interior do Rio de Janeiro. Mãe de uma filha maravilhosa, que tenho muito orgulho. Trabalho há mais de 19 anos da Rede Estadual do RJ. Também sou Professora de Informática e Coordenadora da UNATI na UPEA – IFF e, ainda, atuo como Tutora em EAD no IFF Centro. 
Meu sonho é aposentar e me dedicar só à poesia, publicando meus outros livros e com tempo para participar dos eventos, os quais muitas vezes não posso ir por conta dos compromissos de trabalho.


(SP) 
2. Como surgiu seu gosto por escrever?


SOL:

Adoro escrever poemas desde a adolescência, foi crescendo quando fiz Letras na UERJ e nos últimos dois anos, venho me dedicando aos sonetos, a minha última paixão.


(SP) 
3. Em que momentos sentes a necessidade de escrever?

SOL:

Sempre e em todo momento, até mesmo quando estou viajando dentro de um ônibus ou debaixo do chuveiro.


(SP
4. O que mais atrai no ato da criação, a fantasia ou a realidade?


SOL:

Depende do momento, às vezes surge até de uma propaganda, de uma palavra... Nem sei como e quando vai acontecer... São sentimentos que extravasam nos versos sem parar...

(SP)

5. O que esperas de seu novo livro

SOL:

Gostaria muito despertar o gosto pelo soneto, pois é uma forma de poema que muitos a julgam ultrapassada, entretanto, procuro escrever com um vocabulário mais atual, sem tanto rebuscamento, ao contrário, o faço de forma simples para atrair o leitor. Enfim, espero que as pessoas gostem de lê-lo.


(SP) 
6. Onde buscaste inspiração em especial para este livro?

SOL:

É um resumo de alguns momentos meus que estão ali, de alguma forma é um pedaço de mim...


(SP) 
7. Como defines a sua Poesia?


SOL:

Simples, pois gosto-a assim... Com palavras que expressam o calor da alma.


(SP) 
8. O que acha deste movimento literário que acessamos nas Redes sociais, considera positivo ou está banalizando a criação?


SOL:

Acho superpositivo, pois o autor fica mais próximo do seu leitor. Inclusive tenho um grupo de poesias “Amo amar Você” há mais de 2 anos com mais de 2.600 participantes. Só preocupo-me com as pessoas que ainda teimam em plagiar textos e poemas, isso é um ato que devemos sempre rejeitar e alertar ao plagiador que é um ato criminoso.


(SP) 
9. Se você não fosse Sol Figueiredo o que falarias sobre ela e seu trabalho?


SOL:

Ah, a SOL é uma menina que está sempre em um eterno aprendizado. Uma eterna aprendiz.


(SP)
10. A arte e a cultura em nosso país ainda não são prioridades, o que atinge fortemente a educação de um povo. Diante disto o que você diria a quem está dando seus primeiros passos na arte de escrever?


SOL:

Eu incentivo muito aos meus alunos e aos jovens, pois eles serão os próximos escritores. Já tenho dois alunos com livros publicados, isso tem um valor enorme para mim. O Estado, enquanto Poder, deveria garantir políticas públicas de incentivos à cultura e à educação de forma mais producente, já que a Educação e a Cultura sempre ficam em último lugar! O Futebol tem mais valor e apoio governamental que uma Feira de Livros, que um Congresso de Educação. Essa mentalidade tem que mudar. No dia em que a Educação e a Cultura forem prioridades, com certeza o próprio pensamento humano irá mudar...
(SP) Agradeço por essa bela entrevista e espero que você seja bem sucedida em sua caminhada cheia de Sol em nome da Poesia. Abraços amorosos.

Biografia da Autora:

SOL Figueiredo – Solange da Silva Figueiredo - Comendadora, Embaixadora da Paz, professora, tutora, escritora e poetisa.
Graduada em Tecnologia em Informática pelo CEFET Campos em 2004. Estudou Letras - Português- Literatura e Pedagogia na UERJ. Especialista em Docência Superior pelo Exército Brasileiro. Especialista em Gestão de Pública pela UFJF. 
Professora há mais de 19 anos da Rede Estadual do RJ. Professora de Informática e Coordenadora da UNATI na UPEA - IFF . Tutora em EAD – IFF Centro. 
Carioca, residente há 19 anos em Campos dos Goytacazes- RJ, escrevo poemas desde adolescência, nos últimos dois anos, dedicando aos sonetos, minha última paixão.


Títulos e Prêmios:
Acadêmica Imortal na Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes - FEBACLA, ocupando a Cadeira nº 06 Acadêmica Imortal na Academia de Letras do Brasil – Seccional Suíça – ALB/Suíça - Cadeira 61 - Membro Correspondente.
Acadêmica na Academia de Letras de Marataízes- Membro Correspondente.
Comendadora da Cidade do Rio de Janeiro - FEBACLA.
Embaixadora da Paz - Comitê Internacional dos Embaixadores da Paz - ONU.
Medalha Carlos Scliar – Academia de Artes da Cabo Frio - ArtPop.
Medalha Zumbi dos Palmares - Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes - FEBACLA.
Título de DAMA GRANDE OFICIAL da Soberana Ordem Equestre Príncipe da Paz.
Diploma PERSONALIDADE 2012 da CASA REAL E IMPERIAL DOS GODOS DE SARMATHIA E CITHIA.
Medalha de Grande Oficial da Ordem Príncipe da Paz.
Título de ATIVISTA CULTURAL pela CONINTER - Confederação Internacional dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes.Membro da Associação Profissional de Poetas no Estado do Rio de Janeiro - APPERJ, cadeira 472.
Membro da Associação Internacional Poetas Del Mundo
Membro da AVSPE - Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores.
Publicações:
À Deriva – 2012; Amores D’ Versos – 2012; Cumplicidade das Letras – 2012; You and I – 2012; Poemas à Flor da Pele v.5 – 2012; Antologia dos Poetas Fazendo Arte em Búzios - 2013, Antologia dos Poetas Poveiros e Amigos da Póvoa - Portugal- 2013, Antologia Recanto da Poesia - 2013; Poemas da Pérola Capixaba - Academia de Letras de Marataízes - 2013; Poemas à Flor da Pele v.6 – 2013; Palavras de Cristal - Portugal - 2013 e A ERA DAS PALAVRAS (Bilíngue) - ALB – Suíça 2013.

sábado, 22 de junho de 2013

Antologia volume7 para 59ª Feira do Livro de Porto Alegre

Informações:
somareditora@gmail.com
soninhaportopoemasaflordapele@gmail.com
fone : 51-82230759

sábado, 8 de junho de 2013

FESTIVAL PALABRA EN EL MUNDO: Centro Cultural São Paulo

FESTIVAL PALABRA EN EL MUNDO: Centro Cultural São Paulo: Cronograma do Evento Poemas á Flor da Pele, Parceria com o Centro Cultural São Paulo dia 24 de MAIO DE 2013.Este mês Unificado a Palavra no...

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Conviote de lançamento e Sarau de aniversário Poemas à Flor da Pele



Evento de lançamento Poemas à Flor da Pele, volume 6  
e Sarau de aniversário com dança russa, Ballet de Kaique Silva e música, canto e piano de Marcos Assumpção.
No dia 26 de abril de 2013, das 19h até 22h, na Sala Adoniran Barbosa, no Centro Cultural São Paulo, Bairro Paraíso, na cidade de São Paulo.

Informações
heisoinoinha@gmail.com
celular Tim - 51-82230759

7 anos do grupo Poemas à Flor da Pele




Dizem que poeta é um pouco louco, não fujo a regra, admiro números e sempre estabeleço um para o ano que está em curso por este motivo os livros não acompanham a numeração seguida. Mas, registre-se nada impede a inspiração em suas páginas. [Soninha Porto]


            Poemas à Flor da Pele surgiu em 2006 pelo simples gosto de criar laços de amizade e fazer versos. Caminha devagar e completa em 29 de abril de 2013, sete anos. Muitas conquistas houve ao longo da caminhada, mas há muito ainda por fazer.
            Hoje tem 3.400 amigos no ORKUT, onde nasceu, e no Facebook um público de mais de seis mil pessoas. É gratificante.
            Muitos me perguntam: O que é Poemas? Não sei responder pelos amigos escritores da Associação ou pelos que nos seguem, falo o que sinto: é uma corrente indestrutível de amizades e de poesia, é um laço tão profundo e intenso com tantas pessoas, que só pode ter sido abençoado por Deus. E o que nos une e reúne é o livro. Poemas à Flor da pele é um nome que está escrito nas estrelas, um presente, um agrado de Deus à minha vida.
            Nestes sete anos fizemos concursos, e-books, festivais de poemetos, livros, eventos. Integrantes do grupo fizeram eventos em Belo Horizonte, Bagé, Brasília, Búzios, Coroatá, Cotia, Joinville, Londrina, Rio de Janeiro, Rio Grande e São Paulo. Muitos são, hoje, nossos Correspondentes nas cidades. Em Porto Alegre, com sabor de boemia, realizamos churrascos, saraus no Bar Beco das Garrafas, Livraria Cultura e na Casa Mario Quintana. Tudo regado à poesia!
            E os livros? Uma realização! Os três primeiros foram criados, sob a magia dos ares de Bento Gonçalves, que energizou-nos. Até 2010 estávamos sob a batuta do Congresso Brasileiro de Poesia. Mas a partir de então, alçamos voos solos, criamos a Associação Cultural Poemas à Flor da Pele e a Editora Somar.
            Em 2013 lançamos o oitavo livro, completamos, assim, onze edições: sete antologias, um de contos e crônicas e três livros infanto-juvenis. Temos mais de três mil páginas espalhadas pela Alemanha, Brasil, Portugal e Suíça. Alguns escritores escolheram lançar seus primeiros escritos com o grupo Poemas e tantos já conhecidos, vieram prestigiar-nos.
            É bonito ver e sentir o que brota a cada encontro de lançamento, seja aonde for. Aqui em Porto Alegre são memoráveis, principalmente a partir de 2009, quando iniciamos na Feira do Livro de Porto Alegre, no Memorial do Rio Grande do Sul, e o  o grupo floresce a cada ano.
            POEMAS À FLOR DA PELE está tentando cumprir o papel de viabilizar a poesia e sentimo-nos honrados em promover essa cultura, saímos do virtual e passamos para o real. É um fato.
            A partir de 2012, a Associação Cultural Poemas à Flor da Pele firmou contrato com a Prefeitura de São Paulo, onde a Coordenadora Geral Doroty Dimolitsas, realiza no Centro Cultural da cidade, eventos mensais. É compromisso, é responsabilidade!
            O volume seis, que na verdade é o oitavo, é uma edição especial que chega num momento especial: completamos mágicos sete anos, acompanhada por deuses da poesia e da palavra.
            Passado este tempo, acreditamos, ainda, que o livro é a representação máxima dos pensamentos, e é pelo que mais lutamos, sejam novos autores ou poetas já conhecidos, mas, com certeza, todos estão centrados no entendimento da arte da palavra...
            Obrigada a todos.
                                                                                                                 Soninha Porto
Editora Somar
                                   Poemas à Flor da Pele

quinta-feira, 14 de março de 2013

V ENCONTRO NACIONAL POETAS FAZENDO ARTE EM BÚZIOS


Sonia Medeiros Imamura promove o lançamento da
II Antologia Poetas Fazendo Arte em Búzios

“A frase, para ser boa, precisa ser uma coisa ilógica;
o ilogismo é muito importante, pois a razão diminui a poesia"
- Manoel de Barros.

            
            Em que um país como o Brasil beneficia-se com um livro de Poesia?
            É possível escrever um tratado sobre o assunto, mas simplifiquemos, quem lê cresce, viaja, ultrapassa os limites de sua pequenez
            O Brasil é um país emergente, em franco desenvolvimento, mas por incrível que possa parecer, tem 16 milhões de analfabetos. E qualquer um sabe que nada melhor que uma boa leitura de um livro, impresso ou digital, para promover a educação de um povo. Não é novidade que pensadores ao longo dos séculos produziram textos e mais textos, que serviram para a formação política e filosófica da humanidade. E o livro continua sendo a manifestação mais livre e democrática dos seus pensadores. É uma bandeira eficaz contra a ignorância e uma mostra viva de que, ainda, é preciso lutar incessantemente e sem trégua em favor dos analfabetos, muitos trabalhadores e humildes com políticas públicas mais adequadas para proporcionar o acesso à alfabetização e à consequente educação.
            O resultado todos sabem. Não apenas que só cidadãos possam ler, mas que possam desenvolver-se como seres humanos mais capazes. E um livro de poesia pode transformá-los. Está sendo comprovado que poesia é melhor que livros de autoajuda, por atuar em partes do cérebro, que movimentam as lembranças e as emoções dos indivíduos. É animador saber que a poesia faça parte do dia-a-dia das pessoas.
            E mais alentador ainda, que uma verdadeira legião de poetas esteja surgindo na atualidade promovendo vivências, o amor, as suas crenças, o desamor, guerra, paz, paixão, sexo, fidelidade, sucessos e fracassos, tudo em versos livres ou rimados.
            E é assim que surge a II Antologia Poetas Fazendo Arte em Búzios, coordenada pelas mãos competentes de Sonia Medeiros Imamura, sob as brisas da belíssima  Armação dos Búzios..
             Sonia Mi, como é conhecida, é carioca, cidadã Buziana, produtora cultural, e escritora, agita a cidade há mais de 4 anos,  promovendo a arte e a cultura naquele paraíso.
            A dedicação de Sonia faz dela uma figura ímpar, deixa por onde passa, a marca da determinação e entusiasmo pelo ativismo cultural. É presença constante em eventos de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo.
            É membro de diversas Academias nacionais e internacionais e em maio deste ano estará participando do 27º Salon International Du Livre e de La Presse de Genévre, o que demonstra que seu trabalho está ultrapassando fronteiras.
         A programação do grupo que está à frente, inicia-se dia 29 de março, com o V Encontro Anual Fazendo Arte em Búzios em parceria com várias entidades e grupos, entre esses o grupo “Poemas à Flor da Pele”, com shows de música, exposições de arte, poesia e lançamentos de livros.
         No dia 30 de março, das 20 às 22h será lançado mais um livro na cidade para amigos, familiares, autoridades e escritores na Pousada Cheiro de Vida Guest House Brava, ao lado do Bebentuário. É o segundo volume da Antologia Poetas Fazendo Arte em Búzios (Editora Somar de Porto alegre), com 46 autores de várias localidades brasileiras e 272 de páginas de pura emoção com poesias e narrativas..
          Que a exemplo da primeira Antologia que foi premiada pela Literarte - Associação Internacional de escritores e artistas, seja um sucesso por onde passar e seja captada por mãos ávidas de poesia e prosa.


Editora Somar


Contatos:
Soninha Porto 51-82230759
Sonia MI - 22-91016029

Email:
soniamimamura@hotmail.com
heisoninha@gmail.com