Páginas

sábado, 13 de junho de 2009

LENI MARTINS, POETA DE SÃO PAULO, LANÇA VOZES DO PENSAMENTO




Esta querida poeta, artista plástica e webdesigner é uma amiga preciosa de muitas atividades que realizamos juntas, desde que nos encontramos neste mundo virtual.
Ela é autora da capa do 2º e-book da Poemas à Flor da Pele, lançado em 29 de abril de 2008. Confira no link (copie e cole o endereço no seu navegador:
http://recantodasletras.uol.com.br/e-livros/980346)





Agora, dia 20 de junho, está lançando seu livro "Vozes do Pensamento" e merece toda a nossa admiração pelo belo trabalho artístico-poético que vem realizando. Parabéns amiga!


Nos Braços da noite

Nos braços da noite encontro-me
em pensamentos, encontrando-me
somente, neste curto espaço no tempo.

É nos braços da noite que encontro
o meu silêncio...
abraçando-me está o vento.

Nesta noite de abraços
abraçarei meus pensamentos
indagarei minha saudade,
acalantarei-a em meu peito.

Nos braços da noite
todas as estrelas me abraçam
e eu sinto em meu peito a paz
que me enlaça.

E no abraço de toda a constelação,
contemplando a lua cheia,
sobre esta luz que me clareia,
abraçarei minha ilusão.

Nos braços da noite eu me entregarei,
deitarei-me no colo da madrugada
até o dia amanhecer.

Nos braços da noite eu me calei
falei em pensamentos
e o vento eu abracei.

Leni Martins






Leni Martins é casada, tem 2 filhos e mora em São Paulo capital. Artista plástica (óleo s/ tela) autodidata, membro da Academia brasileira de artes cultura e história (Casa da Fazenda do Morumbi), onde realiza várias exposições, ganhadora do troféu da Coca-cola pelo quadro mais bonito (A cerca) , realizou exposições no Shopping Raposo, Galeria de artes Surreal e Shopping West Plaza Sul. Trabalhou na Usp departamento de faturamento, no antigo Bamerindus como auxiliar de serviços. É decoradora de arranjos florais para eventos e cursa decorações no estúdio Arte florais.



Asas

Deixe-me voar,
devolvam-me as asas escondidas
não são asas de anjo
são asas de minha vida.

Deixe-me voar,
dê-me condições de saltar
no vento, não me cortem as asas
não são asas de pássaro,
são asas do pensamento.

Dê-me asa de anjo, ou de
pássaro errante
quero voar distante,
ver estrelas brilhantes
deixar o tempo me levar.

Não me cortem as asas,
deixe-me voar,
não são asas de anjo
são meus braços estendidos no ar

abraçando a liberdade,
deixe-me voar.


Leni Martins


Dizia sempre ser aprendiz de poeta, começou a escrever em 2006 e participou da coletânea na Edição Eldorado.


"A noite é minha predileta, o dia deixo passar.
Meus poemas falam muito mais de mim que eu mesmo". (Leni Martins)

Seus endereços:

Site:


4 comentários:

  1. Linda Leni Matins que escreve o gótico, com uma leveza profunda que emociona...além de fã que sou dos seus escritos...és também uma querida amiga que tive o prazer de conhecer e compartilhar momentos...
    Desejo-te sucesso nessa etapa...e felicideades na tua vida!
    Parabéns amiga!

    ResponderExcluir
  2. Minha linda Poetisa amiga LENI MARTINS! Parabéns! Vc escreve e encanta seus leitores,como eu que fico encantada ao te ler.Sucesso!Vc merece muito mais! Que a felicidade abrace-a por mim!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Leni, querida,

    Muito sucesso é o que desejo a você nesse lançamento!
    Sabe o quando admiro o seu trabalho e escrita. Se não me estarei presente não será por falta de vontade, nem de oportunidade (esta você está me dando), mas por indisponibilidade de tempo. Mas saiba que estarei daqui, torcendo muito para que tudo fique lindo, do jeitinho que você merece.
    Beijos e parabéns por realizar seus sonhos!
    Goreti

    ResponderExcluir